Cidadania

Dr. Cristino continua com o propósito de tirar Araioses da situação vergonhosa que encontrou Publicada em 07/04/2017 08:31:02

Dr. Cristino diz ter certeza de que Araioses após seu governo será outro…

Engana-se quem pensa que o prefeito de Araioses, Cristino Gonçalves de Araújo não continua com o propósito de tirar o município do abismo que foi jogado por sucessivas e desastrosas administrações, das quais a comuna e seu povo foram as grandes vítimas e os mais prejudicados.

Nesses primeiros 100 dias de governo, mesmo com tantas dificuldades pelas quais passou, Dr. Cristino não perdeu a esperança e diz ter certeza de que Araioses após seu governo será outro: um município com seus compromissos em dia, com uma imagem positiva e respeitada não só dentro de seus limites territoriais, mas em toda a região, algo bem diferente do que ele encontrou, que foi uma prefeitura saqueada, endividada e sinônimo de abandono e vergonha nacional.

Para ele as críticas que vem recebendo da gente da oposição e até de quem já foi aliado não tem fundamento, pois entre esses tem quem se calou durante quatro anos de descalabro administrativo e hoje querem que nesse curto espaço de pouco mais de três meses já tenha feito o que não fez seus antigos patrões.

Propagam nas esquinas e nas redes sociais o valor bruto dos recursos já repassados para a atual administração, mas omitem os descontos feitos nesses fundos para pagar dívidas acumuladas nos últimos anos por gestores irresponsáveis. Fingem que se esquecem e nada falam da herança maldita que a ele foi deixada.

Não é difícil de identificar a fonte de inspiração para os que cobram tanto em tão pouco. É só observar entre esses aqueles que sonham comandar a prefeitura araiosense e o que serão capazes de fazer para inviabilizar a atual gestão e mais, tentar se viabilizarem como prováveis salvadores da pátria.

Se não existisse a reeleição não haveria também tanto açodamento.

Portanto não está sendo fácil administrar com tantas dificuldades, mas isso não quer dizer que não devemos ter esperanças. Pelo contrário sim, pois mais difícil foi tomar a prefeitura do controle daqueles que se diziam imbatíveis.

E isso ocorreu!

Fonte: Blog do Daby Santos

Mais em Cidadania


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!