Cidadania

Araioses representada no segundo encontro do Líder em Barreirinhas para desenvolvimento do Turismo em nossa região

Mais de 50 lideranças do território dos Lençóis Maranhenses, dentre perfeitos e secretários municipais, empresários e representantes da sociedade civil organizada, estiveram reunidos em Barreirinhas, participando do segundo encontro do Programa Liderança para o Desenvolvimento Regional (Lider), executado pelo Sebrae, por meio de sua Unidade de Políticas Públicas e Desenvolvimento territorial.

O objetivo é, ao final do programa, fazer os participantes construírem um plano de ação que contemplará eixos estruturantes e metas para o desenvolvimento regional pautado na sustentabilidade e na cadeia produtiva do Turismo, elencando no conjunto políticas públicas favoráveis ao fomento e crescimento dos pequenos negócios como forma de aumentar a oferta de trabalho e renda.

Participaram do programa representantes de Araioses, Barreirinhas, Humberto de Campos, Icatu, Morros, Paulino Neves, Rosário, Santo Amaro do Maranhão, Tutóia e Primeira Cruz.

O Secretário Municipal de Turismo e Meio Ambiente de Araioses, Robinson Medeiros, representante de Araioses no evento, foi o idealizador da logomarca e slogan oficial da campanha do Projeto Líder para o Estado do Maranhão.

“A logomarca destaca as dunas e o Sol e o slogan: é Melhor que os Lençóis Só os Maranhenses! Fico feliz por ter sida a escolhida e por mais uma vez estar representando nosso município em um evento tão importante promovido pelo SEBRAE e agradecer o apoio que o Prefeito Dr. Cristino tem dado para a realização de nossos trabalhos!”, afirmou Robinson Medeiros.

O Programa Líder Lençóis Maranhenses, que iniciou em novembro do ano passado, é executado pela Unidade de Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial do Sebrae no Maranhão e operacionalizado pela Unidade Regional da instituição em Lençóis-Munim.

Focado no diálogo, organização, integração e empoderamento das lideranças locais, o Líder une as três esferas da sociedade – poder público, o empresariado e a sociedade civil organizada, dando-lhes o status de agentes de transformação para que possam protagonizar o processo de desenvolvimento territorial.

 

Mais em Cidadania


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!