Cidadania

Realizada a VIII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente em Araioses

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) em parceria com a Prefeitura de Araioses por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social realizaram nesta terça-feira (27) a VIII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. O evento será ocorreu no auditório da Escola Tudes José Cardoso.

Com o objetivo de discutir temas sobre a política e Plano Municipal dos Direitos Humanos de Crianças e do Adolescente, o fortalecimento dos conselhos para medidas que sejam capazes de fortalecer a importância do CMDCA e reaproximá-lo da sociedade civil, entre outros, foi um verdadeiro sucesso.

A abertura contou com a formação da mesa solene com a presença do Chefe de Gabinete José João Bandeira Melo que substituiu o Prefeito Dr. Cristino que estava para um evento em Barreirinhas e participou da mesa também Francisco José de Lima Costa Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança de do Adolescente, Andressa Lima Ramos Articuladora do Selo Unicef, Elizangela Escórcio representando a Secretaria de Saúde, Karina Cristina do Conselho Tutelar, a adolescente Rayane Mateus Silva, Taiza Veras Secretária Adjunta de Assistência Social, Maria da Conceição Machado Sales de Carvalho Coordenadora do CREAS e com a presença de Maria da Conceição Sousa da Silveira coordenadora da PSB e Areolino Vieira de Albuquerque Junior Coordenador da PSE/CREAS.

“Em meio a tantas outras demandas, essa é importantíssima, pois se trata de assegurarmos um futuro digno e com mais oportunidades, sem violência, para nossas crianças e adolescentes. E o papel do poder público em assumir esses compromissos é fundamental,” destacou Areolino Junior.

Durante o evento aconteceu a palestra magma, ministrada pela conferencista, A Assistente Social Maria do Socorro Régis Gomes Neta, que explanou sobre o tema geral, como também, os dos cinco eixos temáticos da Conferência à cerca da garantia dos direitos, prevenção e enfrentamento à violência, orçamento e financiamento das políticas públicas, participação social e espaços de gestão e controle.

Após a explanação, os participantes foram divididos em grupos de trabalho para análise e proposição de ações. As propostas foram apresentadas, discutidas e aprovadas pela plenária. Ao final, foram escolhidos os delegados para representarem o município na XI Conferencia Estadual dos Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Mais em Cidadania


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!