Cidadania

Construção de Cozinha Comunitária de Araioses irá beneficiar famílias de baixa renda no município

A Prefeitura de Araioses por meio da Secretaria Municipal de Administração esteve essa semana recebendo o engenheiro do governo do estado e o dono da empresa responsável pela obra da cozinha comunitária no município. A obra é uma parceria entre Prefeitura e Governo do Estado.

As Cozinhas Comunitárias são equipamentos públicos de alimentação e nutrição destinados ao preparo de refeições saudáveis, balanceadas, ofertadas gratuitamente à população em situação de insegurança alimentar e nutricional. O serviço garante a esse público o direito humano à alimentação adequada, promovendo ainda a educação alimentar associada a práticas que contribuam com a redução dos transtornos alimentares, entre outros aspectos fundamentais à saúde das pessoas.

foto Daby Santos

Antonio Oliveira – transportes, Wilma Ramalho – gestora de programas, Dr. Cristino e Neliane Santos – analista técnica 

Ainda em 2017 ocorreu uma visita a Araioses de uma equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado do Maranhão – SEDES, juntamente com o prefeito de Araioses, Dr. Cristino no local aonde será construída a cozinha comunitária – empreendimento fruto de uma parceria da Prefeitura de Araioses com o Governo do Estado – para avaliar e analisar o local que beneficiará as famílias de baixa renda do município de Araioses.

“A secretaria de administração está empenhada no sentido de que a cozinha popular saia o quanto antes, sendo que estivemos com o engenheiro responsável e o dono da empresa que estará realizando a obra. A previsão para o inicio das obras é na próxima semana, sendo que já está sendo realizada a tomada de preço dos materiais necessários para a obra no comércio local, a fim de beneficiar os comerciantes”, afirmou o Secretário de Administração Bernardo.

“Mudar os números negativos do nosso município é um fator importante, missão que se tornou o principal objetivo da gestão”, disse o secretário Bernardo Souza.

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD/IBGE 2013) apontaram que 60,9% da população maranhense se encontra em situação de insegurança alimentar e nutricional, sendo 37,1% em insegurança alimentar leve; 13,9% em insegurança alimentar moderada; e 9,8% em situação grave de insegurança alimentar. Os números apresentados pela PNAD que fazem do Maranhão detentor do maior índice de insegurança alimentar do Brasil.

A aposentada Francisca, 57 anos, disse que aguarda ansiosa a inauguração da Cozinha. “Com a construção dessa Cozinha em Araioses nós estamos ganhando um grande presente, principalmente aqueles mais carentes, pois terão a chance de se alimentar melhor e sem custos”, disse ela.

As estruturas das novas Cozinhas Comunitárias serão utilizadas como Centros de Referência de Segurança Alimentar e Nutricional (Cresan), onde, além de servir alimentação adequada à população em situação de vulnerabilidade social e nutricional, serão também novos espaços para a realização de oficinas de Educação Alimentar, orientação nutricional, cursos profissionalizantes na área, entre outras atividades afins.

Mais em Cidadania


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!